17/05/2011

Qdo é a hora certa pra ser mãe?

Gentem, sumi, mas voltei. Preguiça, frio,filha DAQUELE jeito, trabalhinhos paralelos, enfim, mas to por aqui!...rs


Eu nunca tive dúvidas qdo decidi q queria engravidar. Eu nunca esperei a "hora certa" ou "estar 100% preparada" pq eu sei q isso ñ existe.
A hora certa é qdo acontece ou qdo vc simplesmente quer, e estar ou ñ preparada é relativo demais. A gente pode achar q está super mega blaster preparada pra isso, e pumba, qdo se vê com um bebe RN em casa, chorando, e vc sem saber o q fazer tem a mais absoluta certeza de q a tal preparação vem com o tempo, com a prática e ponto final. Ninguém se prepara antes, pq ng sabe ao certo q virá!
Ontem, antes de dormir, meu marido me lança essa: "será q a gente teve a Anna na hr certa? Será q a gente ñ deveria ter esperado mais?".
A minha resposta foi enfática: NÃO!
Nem tanto pela idade biológica pra ser mãe q sim, expira, e eu ja tenho quase 31 anos, mas pq qdo decidimos JUNTOS isso, eu estava certa e com a mais absoluta certeza de q aquela era a hora de tentarmos um filho.
Qdo engravidei estávamos com 2 anos de casados e sim, escutei de MUITA gente sem noção q era melhor esperar mais, curtir + o casamento, viajar, etc e tal. Escutei q filho "acaba" com a relação "homem e mulher", por isso tínhamos q curtir mais a nossa vida a dois. Escutei mais um monte de coisa. Se essas coisas estavam certas ou erradas, eu queria pagar pra ver. E foi o q eu fiz.
Eu, em momento algum, me arrependo de ter engravidado aos 29 anos, com 2 anos de casada "apenas". Foi a hr certa pra mim, pro Airton e pra Anna Laura vir ao mundo.
Se aquela teoria infeliz de q um filho desgasta a relação do casal, eu posso dizer q muda. A minha relação com o Airton hj é outra completamente diferente sim, mas ñ sou ousada ao ponto de dizer q "balançou" alguma coisa.
Hj temos prioridades e responsabilidades diferentes das q tínhamos antes da pequena nascer, lógico.
A intimidade do casal muda, lógico. Antes tínhamos a liberdade de namorar onde e qdo a gente tinha vontade, hj não. Tudo tem de ser feito no silêncio, na discrição, meio q pisando em ovos (sem trocadilhos hein? rs) pra q ela ñ acorde...
Hj ñ podemos (ou ainda ñ estamos 100% preparados) para dormir a hr q temos vontade, pra ficarmos assistindo TV até de madrugada, pra sairmos e voltarmos qdo queremos. Não. Hj temos ela. E isso pode estremecer um pouco as vezes, pq mesmo tendo ela, a gente ainda tem opiniões e vontades diferentes um do outro.
Eu digo com toda a certeza do mundo de q sim, eu tive ela na hr certa, na MINHA hora, na hr em q meu corpo e mente andavam juntos, sem dúvidas, sem nada. Na hora em q eu julguei correta, independente de os outros palpitarem ou até o marido questionar isso. Sim, pq ele jura de pé junto q nós somos o único casal do mundo q ñ estava preparado pra assumir o papel de pai e mãe e vive repetindo, nas horas mais difíceis, q ñ estávamos preparados pra isso. Sinceramente eu acho q ng está. A gente vai se preparando ao longo da gravidez e muito mais depois q o filho nasce. A natureza tb se encarrega de muita coisa pra nos ensinar. O instinto materno tb.


Fiz esse post pq o q o Airton questionou ontem me deixou com a pulga atrás da orelha e eu admito q em algum momento eu acabei me perguntando a mesma coisa. Mas daí, qdo acordei de manhã e vi aquele sorrisinho safado q só a Anna Laura tem logo cedo, cheio de manha e amor, eu mesma me auto respondi: SIM, Ñ PODERIA TER HORA MAIS CERTA PRA VC VIR AO MUNDO, FILHA AMADA!


Beijos

17 comentários:

Ale disse...

Ahhh Than, que lindaa!
Olha, eu ja me questionei muito sobre o melhor momento para ser mãe, claro, as preocupações fazem agente pensar, querer planejar sempre e etc, mais acredite, esses dias me vi meio paranóica pq to com a m. atrasada desde março, to em casa pq sai do emprego, cursando o primeiro semestre de uma facul de 5 anoos e ... mesmo com tudo isso, que era pra eu ficar doida, morrendo de preocupação, por varios minutos eu AMEI a idéia, e claro, que se rolasse, mesmo não sendo "a melhor hora" e eu achando que posso não estar preparada para ser mãe, ia ser otimo, iamos nos virar nos 30 e tenho certeza que nunca iria me arrepender!
Eu já vi maes falando que se pudesse voltar atras, teriam esperado mais, eu acho, que no momento em que eu tiver meu baby, vou me perguntar como consegui viver tanto tempo sem ele na nossa vida ;)
Homens gostam de ter tudo sob controle, talves seu marido se sinta meio inseguro quando rola algum problema e acaba se questionando, maas, aposto que se pudesse voltar atras, nao mudaria nada!
Super Beijooo

aninha disse...

Oi Than amei seu post viu?!
bjO

Solange Carvalho disse...

Thania!! vc disse uma coisa muito certa!!!, ninguém esta preparada, por mais que tenha planejado o bebê, qdo vê aquele RN, ali chorando, sem saber o que fazer e dependendo de vc 100%, dá uma pirada mesmo, mas o problema dos homens é pq muda demais a rotina deles!!, mesmo que ele participe pouco, tipo acordar de madrugada, etc, mexe com a estrutura da casa, incomoda um pouco!, mas a nossa vida nunca mais volta como antes!!rs, a gente sim que vai se adaptando a nova vida e no final dá tudo certo!! Daqui a poucos vcs vão esquecer tudo isto, e vão planejar o segundo filho, assim como eu fiz!!rs, mas eu só superei as neuras do primeiro filho, depois de quase 7 anos!!rs bjks

Julia disse...

Than, eu acho que isso de hora certa é lenda.
A gente aprende a ser mãe na marra, porque não te cursinho, livro, palestra, seminário ou qualquer cosia quenos ensine a ser mãe.
Mesmo achando que não tem essa de hora certa acho que a única coisa que deve haver é companheirismo e desejo do casal, independente da idade do casal, o bebê deve ser desejado pelos dois, porque não é fácil segurar a bronca sozinho.
Aqui em casa a dificuldade é só na hora de namorar que fica sempre aquela tensão de "será que ela vai acordar", pq vamo combinar, ninguém merece estar no bem bom e ter que interromper por causa do choro do bebe né ... embora isso aconteça!

Hoje nós pensamos duas vezes se vamos sair e levar a Yasmin, não tem mais pizza na pizzaria as onze da noite, ir fazer compra no supermercado de madrugada pra evitar fila, ir viajar sem planejamento, não tmos nada disso pq tem a Yasmin e agora, pra sair com ela na rua é no máximo até as sete da noite, mas quer saber, não troco essa vida por nada!

Amo isso de ser mãe, de ver meu marido como pai da minha filha e homem da minha vida.

Ahhhhhhhhhh, eu nem sei o que dizer viu!

Beiiiiiijo

Lu do Deninho disse...

Háaaa....cada uma que temos que ouvir né !
Hora certa....se a gente for esperar ela nunca chega, sempre vai ter algum empecilho, uma prioridade, o importante é ter a certeza de que se quer um ser especial e todo dependente de nós, para amar e cuidar !
E quando há amor verdadeiro, pode mudar a relação, pois como vc disse as prioridades são diferentes, mas o amor prevalece !

bjusss

Angel disse...

A hora exata ninguém na verdade pode dizer...pq muitas de nós esperamos muito para ficarmos grávidas...outras foi pelo acaso...como foi comigo na gestação do Davi....e lógico que na época eu não achava que era a hora e que eu seria capaz de cuidar e tals...mas a nossa natureza nos mostra o caminho das pedras e vai nos ensinando, já com os homens é diferente...e a gente vai tentando entender né?!Mas aquela certeza mesmo só nós mães temos!

BJS!

Dina disse...

Não existe hora certa... o amor simplesmente surge, cresce e nasce, e é assim com filhos.

Eu engravidei aos 22 anos, sem querer filhos, e com 3 meses de casada.
Hoje eu poderia estar viajando mais, curtindo lugares badalados, comprando roupas e etc... Se não tivessemos um filho hoje, teriamos uma vida financeira boa e segura, eu poderia estudar... tantas coisas, mas eu não seria feliz. Não como eu sou hoje.

A minha relação Ivan e eu melhorou muito, mas tmbm piorou. Hoje somos mais responsáveis, discutimos - saudavelmente - mais, somos m,ais cumplices, completos, nos respeitamos mais... só piorou que eu digo pq não temos mais tanto tempo para nós... mas sabmos que tudo está valendo a pena, e falo por ele tmbm - sei que o Fe veio para nossas vidas na hr certa. Enfim né, Deus sabe o que faz.

Mamãe Jú disse...

oi amada
acostume-se homens sempre acham que não é hora...
Amanda tem quase 2 anos e Fernando ainda deve se questionar...
Mas como ele sabe que nao to nem ai...kkkk que eu estava preparada
e é isso que realmente conta... porque quando ninguem mais tem paciencia... ali estamso nós, mães, exaustas, com sono, com dor, mas com a certeza que tudo vale a pena.

Bjos amada.

PussinBoots disse...

Também acho que não há hora certa, só há a "nossa" hora :) Bjinhos

Bruna Almeida disse...

Amiga que post liindo, adorei.Parece que foi feito pra mim tbm kkkk....Obrigada pela visitinha lá no meu blog, obrigada pelo seu carinho.
Beijos

Adoro vcs.

Andrea Fregnani disse...

Acho que uma gravidez planejada está meio caminho andado para a "hora certa" o resto vem com o tempo, com as adaptações, surpresas e delícias de sermos mães, essa é a "nossa melhor hora" ;)
bjs

Giovanna baby!! disse...

Pois é, a gente tem este instunto deque esta é a hora...A Giovanna foi um miljão de vezes planejada por min, enquanto marido tinha suas dúvidas, pois je tem 03 filhas e sofreu muito com a separação delas...Mas a "Gica" veio pra mostrar que realmente esta é a hora.
Assim como você eu tive a certeza, e tenho a cada manha..que foi na hora certa!!

Blog da Pandinha disse...

Than...ele quis dizer, em outra palavras, que era hora de brincar de esconde esconde...

Michele disse...

Pois é, Than... acredito que se decidimos ter um filho, sem titubear, é porque estávamos preparadas. O que acontece é que esse primeiro ano exige demais da gente. O bebê depende de tudo o tempo todo e isso nos sobrecarrega. Por isso, algumas vezes, essas dúvidas pordem surgir. Mas como você disse (e bem viu), basta um sorrisinho safado pra gente se entregar e se jogar de cabeça no maior amor que existe!

Um beijo em vocês!

Débora Beyer disse...

Eu acho que tem sim um pouco de "hora certa". E isso é super relativo.
Tem mães que desejam horrores, planejam e depois que o filho nasce, ficam achando que não tava na hora.
E outras ficam grávidas "no susto" e simplesmente embarcam nessa jornada de corpo e alma e pensam que não seriam mais felizes sem o filho, sem dúvidas.

Porém, é preciso sim pensar. Pensar na questão financeira, na disponibilidade de tempo, saúde e mil questões.
Vejo amigas que trabalham o dia inteirinho (das 08 as 22) e terceirizam totalmente a criação dos filhos.
Acho que se a pessoa não quer abrir mão de nada, então, não tenha filhos! Espere um pouco mais!

Eu quis engravidar aos 22 anos. Tive o Vicente que foi MEGA desejado, com 2 anos de casamento e tenho certeza de que foi na hora certa.
O que eu penso é que eu deveria ter aproveitado melhor o tempo que tive ANTES de querer engravidar. Sabe, eu não devia ter largado a faculdade, pois aos 22, quando engravidei, já estaria formada e tudo estaria mais tranquilo. Mas o tempo, a idade de quando tive o Vicente, isso nunca pensei que poderia ser diferente.

Post muito bom! Parabéns!

Meisy disse...

Me pergunto isso todos os dias... quando é a hora certa pra ser mãe???
meisyquersermae.blogspot.com

Márcia disse...

Faz tempo que eu não comento aqui Than, mas eu vivi junto com você todo o sacrificio que fez para engravidar, os negativos e tal e agora vem fazer essa pergunta, que cretinice! Pra mulher, é logico que tem hora certa, você teve seu bebe na melhor idade, nem muito nova e nem muito velha.

redirect