30/07/2012

A culpa materna. A minha eterna culpa!

Daí q na sexta feira, tivemos um chá da tarde delicioso aqui em casa, com minhas amigas queridas Vanessa e Amanda e suas deliciosas Maria Fernanda e Maria Julia ( e o bebe na barriga da Amandinha...rs).




E sempre q a gente se encontra, a gente conversa muito.
Falamos sobre tudo! Tudo mesmo!
A gente não se limita apenas a falar sobre as pequenas não! Nossas conversas vão muito mais além, e é ótimo! Nós somos mães sim, mas acima de tudo somos mulheres. E adoramos papo de mulheres!
Mas claro q a maior parte do tempo, a gente passa falando das pequenas. É natural.


A Van e a Amanda, assim como eu fiz, tb abriram mão da sua vida profissional para cuidar dos filhos. Uma escolha difícil, e só quem opta por isso sabe o quão complicado é.
A Maju e a Fefê não vão pra escola, ao contrário da Anna.
E as mamães passam o dia todo com as pequenas.
Nós três por sermos amigas, temos muita liberdade pra lidar e falar umas com as outras.
E o assunto "eu me sinto culpada por mandar a Anna pra creche o dia todo" veio a tona.
O legal das meninas é q elas conversam sem me julgar, sem me criticar.
E conversamos muito sobre isso.


Como vcs sabem, eu parei de trabalhar qdo a Anna nasceu.
Trabalhei às duras penas, até o 9º mês de gravidez. Não era fácil, mas eu consegui levar.
Qdo a Anna nasceu e acabou minha licença, eu decidi, com toda a certeza do mundo, largar tudo e ficar apenas com ela.
Foi uma decisão certeira, porém cheia de dúvidas e medos q com o passar do tempo, só piorou. Mais dúvidas e medos eu tenho!
Fiquei sendo mãe em horário integral até a Anna completar 1 ano e 3 meses, qdo decidimos colocá-la na creche pra q eu pudesse arrumar emprego.
Até aí a minha consciência estava tranquila, pq eu sabia q eu colocaria a Anna na escola pra voltar a trabalhar!
Consegui um emprego pouco mais de um mês depois q coloquei a Anna na escola.
Consegui trabalhar um mês apenas.
Muitas coisas aconteceram nesse mês q me fizeram pedir demissão!
Daí voltei a ficar em casa e Anna continuou indo pra escola, mesmo eu, mãe, estando em casa o dia todo.


Cuido da casa, das coisas da casa, mas mesmo assim muitas pessoas torcem o nariz pra essa minha condição!
Estarei sendo muito hipócrita se eu dissesse q eu não ligo pro q os outros dizem, pq eu ligo sim!
E esse assunto veio a tona na sexta.


Eu me sinto culpada por mandar a Anna pra creche, "sem necessidade".
Eu coloquei as aspas pq eu, Thania, mãe da Anna Laura, não vejo o ir à creche algo sem necessidade. Acho q a Anna melhorou muito depois q ela começou a ir pra creche, mas a culpa por deixá-la lá das 7:30 da manhã até as 5:00 da tarde, enquanto eu estou em casa, não me abandona!


Anna AMA a escola, as tias, os amiguinhos.
Por isso essa culpa diminui um pouco.


Muita gente tb me pergunta do pq eu deixar ela lá tantas horas...
"pq não deixa meio período apenas?"
Simplesmente pq lá ela está bem cuidada, toma café, almoça, janta, brinca, faz atividades lindas de viver, e pra quem fica 3 ou 4 horas, fica 7 ou 8. Pra mim da na mesma. A culpa é a mesma!


Algumas das milhares atividades q a Anna faz na creche e vem pra casa sempre no final do mês pra mamãe aqui babaaaaaaar....rs


E sim, eu me sinto culpada por ela ficar lá tanto tempo do dia enquanto eu fico em casa. Mas engana-se redondamente q eu fico em casa sem fazer nada! Claro q não! Q dona de casa (eu disse dona de casa, e não dondoca...rs) q fica em casa de papo pro ar o dia todo? Quem dera né!
Eu ocupo completamente meu tempo!
Tem dias q eu olho no espelho e vejo q são 16:00 já, e nossa, o dia voou!
Mas eu tb confesso q eu aproveito pra descansar tb, pq não?
Assisto TV< filme, faço as unhas, escova no cabelo. Eu me dou esse direito. Mas sempre, sempre, sempre com a pulguinha da culpa atrás da minha orelha!
Já pensei em tirá-la da creche. Já sim. Anna fica muito dodói lá, por causa da baixa imunidade ainda dela e de todos os bebês da idade dela.
Mas eu penso e desisto.
Acho q ela se desenvolve bem lá, não mais q uma criança q não vai à creche, eu não acho isso, mesmo pq o desenvolvimento é de cada criança e nada tem a ver com a escola. Eu acho isso. Acho q isso varia de criança pra criança,independente de qlq fator externo. 
Mas eu acho q muita coisa q a Anna aprende lá, eu jamais saberia ou teria paciência de ensinar. Portanto lá ela é estimulada, e eu confio 100% no método de ensino da creche da Anna q é o sistema Objetivo.


Enfiiiim...Isso é um conflito muito grande meu!
Tenho medo de ser vista como folgada, preguiçosa e pior, ser vista como uma mãe q não ama a filha o suficiente pra ficar em casa com ela.
Tenho medo disso sim!
Eu não tenho vergonha de admitir q a opinião dos outros me afeta diretamente quase sempre!
Deveria? Não sei. Acho importante a opinião dos outros sempre, dou valor à ela. Sendo essa opinião maldosa ou não!
Fazer o q ? rs




E aí meninas, vcs acham q eu devo me sentir culpada por isso?
(medo da sinceridade.com! rsrsrsrs)


Beijos



27 comentários:

Bruna disse...

Than,
Você sabe que eu poderia ser a "super sincera né" rssss....
A verdade é que eu acho que o problema não é vc, é a convenção e pressão da sociedade...
Hoje todo mundo põe os bebes para concorrer: "quem falou primeiro? quem andou primeiro? quem mamou mais tempo? quem é mais bonito? quem é mais esperto?"

E nós mães no desespero de querer o melhor para o nosso filho, muitas vezes caímos nessa ladaínha, como eu já caí... E aí é que está o ponto em que eu queria chegar...

São lindos os trabalhinhos da Anna, e eu os invejo rs, Pedro não é capaz de grudar um papel noutro... mas eu me pergunto muitas vezes se um bebe de 1 ano e meio precisa saber fazer esses trabalhos... Eles aprenderão a fazer isso... eles não serão atrasados se não aprenderem a colar algodão no papel antes dos 2 anos....

Mas acho que na fase deles o estimulo é mais afetivo que prático...
Isso não significa que eu ache que vc deva tirar Anna da creche, eu acho que não deveria tirar...
Ela se acostumou com crianças, com rotina, com atividade... tirar agora seria uma maldade...

Mas acho sim que ela fica tempo demais, independente de vc estar em casa ou trabalhando fora... é muito tempo longe de casa para uma criança.... é muito cedo, 7 horas... ai dá até dó rsss....

Eu penso em por o Pedro na escola, não agora, mas penso em 3 ou 4 horas... para ele receber estimulo social, ou seja, conviver com crianças etc....

e tem muito estimulo que nós mães mesmo podemos dar... mas é sensibilidade, só vc convive com Anna e só vc pode descobrir o que ela precisa...

Acho que mais te atrapalhei do que ajudei, desculpa...

beijos
Bru

Bruna Almeida disse...

Ai amiga, se eu fosse vc eu deixaria só no período da tarde. Já que vc fica com culpa por deixa-la o dia todo vc ficaria com ela de manha e a tarde se dedicaria á casa e a vc. Eu penso assim quando eu tiver meus filhos, acredito que a escolinha ajuda muito sim no desenvolvimento e criança adora ir pra escolinha (eu pelo menos amava). Então se vc se sente culpada por deixa-la o dia todo põe meio periodo. Eu, na minha opinião, acho muito tempo ficar o dia todo na escola então se não tem precisão dela ficar o dia inteirinho, fica meio periodo com a mamãe e meio na escolinha. pronto. fim de papo.
Eu no seu lugar faria assim, acredito que diminuiria a culpa ou acabaria com ela.


Beijos

disse...

Ai Than,
Isso é muito de cada um ué... vc tá feliz e satisfeita assim??? Anninha está bem??? Então tudo lindo, mas se não faça oq ue vc tiver vontade...
Eu já te falei que não me arrependo de ter voltado ao trabalho, mas morro de culpa pelas horas que Dudu fica na creche, me acabo aqui qdo preciso manda-lo doentinho para a creche e também sinto falta de ter um tempo pra mim... minha vida é casa, trabalho, Dudu e marido... se quiser fazer uma unha ou o cabelo eu que me vire a faça na hora do almoço... é complicado, mas é questão de poder.
Se você pode escolher, faça simplesmente o que vc quiser e seu coração mandar... concordo que a creche é um lugar maravilhoso sim, mas tb acharia super legal poder ficar em casa com Dudu qdo ele está doentinho e simplesmente pq está chovendo.
Ai amiga, pare de se preocupar com o que os outros vão pensar e faça o seu dia feliz... viva um dia de cada vez...
Adoro vcs!!!
Mil beijos!

Luciana disse...

Olá!!

Culpa???? imagina! vc não deve se sentir culpada, isso sim.
É super ótimo pra Anna Laura ir pra escola, interagir com outras crianças e assim, vc faz sua coisas tb.
Vc saiu do serviço, por opção, excelente!!! É super dez ser mãe em período integral.
Dinheiro nenhum nesse mundo, paga o prazer de ter os filhos ao nosso lado toda hora.
E mais, não se importa com opiniões alheias que tende a deixá-la pra baixo. Só traga para sua vida, pessoas e palavras que possam acrescentar algo de bom, caso contrário, ignore.... Bjs

Renata disse...

Infelizmente a culpa sempre exite! Mas olha não se sinta culpada não, afinal a escola só faz bem pra sua pequena =)

Mas talvés ela poderia ficar só meio periodo, assim ficaria mais tempo com vc e mesmo assim vc tbm teria um tempo pra casa e pra vc tbm!

beijão

Grauce disse...

"O juri decidiu que Thania Strina é CULPADA!" rs

Brincadeiras à parte... Não, não acho que você é culpada. Than, eu estou doida pra chegar ano que vem e o Junior ir pra creche. Eles brincam, fazem novas amizades, se desenvolvem. Isso tudo é ótimo. Com a nossa vida de dona de casa, às vezes não temos tempo pra nos dedicar aos filhos pra ajudar nesse desenvolvimento.

Outra, querendo ou não, faz bem pra gente. Acho que vou ficar menos desgastada, menos estressadae muito, muito mais paciente.

Mas, também acho que a culpa é um sobrenome de mãe. Se algo der errado com nossas crias, nós sempre vamos sentir a porcaria da culpa. Fato!

Se falam, ou pensam, isso não é da conta de ninguem. Infelizmente, as pessoas acham que podem dar pitaco na vida dos outros. Quer um exemplo, estou desmamando o Junior e 90% das pessoas que conheço me dizem "aaaaah, tadinho!" MAs ninguem pensa quando eu digo que me sinto desgastada por acordar durante a noite, que ele faz meu peito de chupeta e não mama nada.

Cada um sabe o que é melhor pros seus filhos e pra si. Sei que querendo ou não, a opinião das pessoas nos afeta muito.

Um beijo!

Cláudia Leite disse...

Acho que vc é corajosa, porque criticar é fácil, difícil é fazer e assumir.
Muitas mães têm vergonha de assumir que estão esgotadas e que querem um tempo pra elas... e ficam naquela vida de arrastar a situação, e depois de alguns anos ainda podem colocar a culpa nos filhos por não ter feito isso ou aquilo.

Cada família sabe o que é melhor pra si, se seu marido acha bacana, então está tudo bem.

Mamys disse...

Than, eu sou suspeita em dizer que eu acho ótimo a Anna ir para a creche, mas é isso que eu penso. Não se sinta culpada não, a Anna é outra criança,é mais independente e tenho certeza que ela é bem feliz assim.Não procure "sarna pra se coçar", e não peça opinião das pessoas. Faça o que seu coração mandar, mas nunca pense em tirar a Anna da Creche, viu?

Kaah & Lipeeh disse...

Olá Thania tudo bem ai ?!

Então , eu venho aqui sempre ( você ja sabe rsrs )
e esses dias li sobre o " Cama compartilhada, denovo, parte 5.88897/002"
Sobre o berço ao lado da cama , minha mãe fez a mesma coisa com meu irmãozinho e ele como a Ana não dormia ( dormia mais durante a noite acordava e fazia aquele SHOW , então minha avó deu a idéia de ela colocar um travesseiro grande e não muito mole atras dele ai quando ele acordava achava que era ela , funcionou super com meu irmão ( até hoje ( com 10 anos ) ele dorme em uma cama do lado da cama da minha mãe/pai e os outros quartos ficam vazio mais isso é fato rsrs )
Espero que funcione

Beijo Grande ♥

Tamires disse...

Than, tu já fez terapia? (sério, não to te criticando) é só pq assim...
te vejo tão mal quando um anônimo posta alguma coisa feia e tu fica mal que fico mega chateada por ti, sério, isso de tu se preocupar com o que os outros pensam é muito sério, pq sério, a opinião dos outros não importa! (desculpa o tanto de sério que eu to escrevendo)
Mas enfim, acredito que tu tenha que respirar fundo e decidir por ti, esquecer que os outros existem e a opinião alheia.
Realmente a Anna assim como todas as crianças que vão pra escolinha se desenvolvem bem! EU ACHO LEGAL ela estar na escolinha!
beijos

Mamãe do Otávio

Isabela disse...

Than,eu bem que queria já ter colocado Nina na escola, mas com a mudança não deu, e agora estou me sentindo super insegura de procurar (já me indicaram algumas) escolas sozinha. Tenho medo de fazer a escolha errada.
Eu também não trabalho e tem dias que não dou conta, não consigo fazer mercado, fazer coisas básicas sabe.
Estou vendo o tempo passar e ainda não fui ver escola.
Você precisa fazer o que seu coração manda, ninguém sabe da sua vida, das suas necessidades.
Qual o problema deixar a bebê com a mãe ou sogra algumas horinhas para tomar um café com as amigas ou ir ao cabelereiro ?!
Todas nós, mães, mulheres, precisamos disso...
Não se sinta culpada Than...só você sabe o que é melhor para sua filha e vocês, mais ninguém.
beijão nas duas

Andrea Fregnani disse...

Bom dia Than, lá vai a minha opinião, uma vez li que a criança só deveria ir para a escolinha antes dos 3 anos se o ambiente em que ela estiver não proporcionasse um bom desenvolvimento, ou seja, só você mesmo pode avaliar o que é melhor pra Anna, só você sabe como é o dia a dia em casa com você e na escolinha, e ninguém mais e ponto final.
bjs pra vcs duas

Thamara disse...

Than, pedindo opinião dos outros vc sempre ouvirá o que quer e o que não quer tbm. Acho HIPÓCRITA as que dizem que melhor ficar com filho 24hs, pq não conhecem o bem que uma escola traz INDEPENDENTE de 4 ou 8hs.Lógico que eu me sinto culpada por não poder ficar com a Fefê o tempo que ela necessita ou o tempo que nós duas gostaríamos, mas sei que lá na creche ela fica super bem amparada, com horários, regras e tudo que eu não saberia fazer em casa. O "pouco" tempo que tenho pra ela é só dela, nesse tempo me anulo totalmente, esqueço casa, marido para ficar com ela o tempo que ela quer!!!!!! Enfim....Anna é um bebê maravilhoso vc é uma mãe MARAVILHOSA, não foi a toa que escolhi vc para ser MADRINHA da Fefê, portanto culpa SEMPRE vai existir, sabe aquela velha e boa frase: "Quando nasce um bebê, nasce uma mãe e uma culpa...." portanto todas nós sempre sentiremos culpa, SEMPRE! E as que ficam em casa sendo "chocadeira" tbm!

Mãe de três disse...

Ai não resisti em dar um pitaco, nossa adoro o que vc escreve Than, nem sabia que gostava tanto, percebi agora que não consigo deixar de ler na hora que vejo que vc postou.
Bem em relação ao post, desencana, eu sei que a vida de mãe é cheia de culpas, quando eu coloquei o Bj na creche eu estava em casa, grávida da Baby,ele tinha 2 anos e meio e simplesmente odiou, mais na época eu estava cansada, e estressada e quando ele se adaptou (como a Anna)eu fiquei com dó de tirar, lá eles começam a ter o mundo deles, se desenvolver, e na minha opinião, se ela está feliz tudo bem e quanto ao horário, os meus menino sempre estudaram 8 hrs por dia, e eu acho que da na mesma, por aqui não tem creche do governo meio período, e eu já decidi que quando sair a vaga pra Baby ela vai ficar o dia todo, dai eles ficaram até a quinta série o dia todo e não farão nada extra curricular, e depois que forem pro quinto ano, vou pensar, Than vc é uma mãe muito melhor que eu , te admiro e sou tua fã, relaxa, e se precisar de um ouvido, estou aqui tá , sempre!!!!! Bjks

Angel disse...

Than...

Acredito sim que é importante a Anna ir pra creche pelo desenvolvimento, socialização e tals...mas tb acho necessário pelo fato de que vc está em casa sim...mas precisa fazedr as coisas da casa e com uma criança da idade da Anna por perto fica mnais complicado...

Olha...eu tirei 15 dias de férias na ultima quinzena de julho...meu marido não teve feriase só ia prá lá nos fins de semana e fui pra casa de praia com Davi e Luíza, a cara e a coragem...pensa numa mulher desesperada...pensou???Pois é...era eu...Como fazer tudo com um bebê de um ano???Tá tem o Davi que pode ajudar...mas ele não sabe cozinhar, varrer, etc,..etc...tentava fazer coisas correndo nos intervalos das sonecas dela...mas era tão corrido que qd chegava o fim do dia eu estava exausta! Por isso digo não é errado, feio, ou sei lá o que vc manter a Anna na creche enquanto está cuidando da casa, ou de vc mesma...Juro que qd me ví sozinha em casa cuidando de tudo me lembrei de tí...rsrsrsrsrs

Bjs...

Lili disse...

Olha, sou mãe e pedagoga.
A minha opinião é a seguinte.Não vejo nenhum problema. Ela gosta da professora, dos coleguinhas, esta bem tratada lá então, ela pode ficar até o dia todo porém, deve ser considerado a sua pontualidade na hora de buscar.Buscá-la no horário estipulado leva ela a aprender a controlar sua ansiedade e confiar em vc.É funcadamental q qdo ela estiver em casa o seu tempo tem q ser quase exclusivo pra ela. Assim, ela vai crescer sabendo q vc não esta mandando ela pra creche para ficar livre dela. É preciso compreender o q se passa com ela, portanto, deve estar atenta se ela vai apresentar comportamentos diferentes.
Qto a vc trabalhar ou não, isso não vem ao caso. Aproveita mesmo pra cuidar de vc. Quem dera se no horário q o meu mais velho esta na escola eu pudesse cuidar de mim... tenho outro de um ano e fica difícil. Tem q se cuidar mesmo, até mesmo pra levantar seu ego e sua alto estima... Mulher bonita tem muitas, temos q nos valorizar se não o maridão acaba arrumando outra. Aposto q suas amigas queria ter pelo menos quatro horas do dia pra poder se arrumar, descansar!
Agora, idependente de opiniões, quem tem q decidir o q é melhor pra princesa é vc.
Visita meu cantinho
bjus

Thatá disse...

Não vejo problema nenhum...inclusive estou à procura de creche para colocar o meu por 4 horas, mesmo sem trabalhar fora. Acho que se faz bem para vc e para filhota, ambas estão felizes, então está tudo certo =)

Lu disse...

Than, vou dar o meu palpite e você já deve saber q rumo ele vai tomar. Eu às vezes me sinto culpada por não poder parar de trabalhar e ficar mais com o Uri. Porém, eu acredito q deixá-lo em casa só por deixar, não vale NADA, ao contrário, enloquece a mãe e o bebê. Se você tem uma estrutura, de fazer atividades, de incentivar, de entreter e "educar", se tem um grupo fixo de amigas com filhos pra brincaem juntos, se se propõe e leva ao parquinho, ao Sesc, à biblioteca, etc etc, aí ter o filho em casa é muito legal! agora, ficar doida entre dar atenção, ver a casa bagunçada, fazer as coisas q vc tem q fazer mesmo, cozinhar, limpar, lavar... isso não é bom pra ninguém. Não é bom pra uma criança ver TV o dia todo, por exemplo. Na creche, as tias são pagas pra entreter as crianças. Nem digo em aprender, em "aula"... só de brincar com outros, só de ter as atividades certas pra idade, ela já vai estar aprendendo bastante. E aprendendo a dividir, a conviver, a obedecer.

talvez você encontre um meio termo, como levá-la mais tarde, buscá-la mais cedo (se isso não atrapalhar a rotina dela nem da creche), ou fica com ela um dia por semana pra curtí-la mais (nessa fase eles não perdem prova, hahaha)... mas ai vc dedica esse dia só a vocês duas, se programa, prepara atividades... não "passar o dia", contando as horas pra ele terminar, sabe?? Porque eu te confesso - O Uri fica até às 4 na creche e ai, ate ele dormir, nos fazemos coisas com ele, passeamos, brincamos, curtimos. Quando ele fica doente e fica mais tempo em casa, chega uma hora (já qdo ele está melhorzinho mais ainda não voltou pra creche), q eu vejo q ele enlouquece, quer voltar pra vida dele.. e eu tbém, fico sem saco, não tenho paciencia pra brincar o tempo todo, deixo ver mais TV, enfim, sou super a favor de creche!!!! hehehehe

Beijo!

Anônimo disse...

Olha, vou ser absolutamente franca, como você mesmo pediu. Acho importante que uma criança (não um bebê, como a sua filha) frequente a creche, pois é um ambiente que favorece a socialização e a independência. Mas deixar um bebê de 1 ano e 8 meses durante todo o dia em um ambiente como esse, sem que haja verdadeiramente necessidade, é, na minha humilde opinião, uma imoralidade e a prova inequívoca de uma preguiça sem precedentes. Avalie bem o que vc está fazendo. Boa sorte.

Thania disse...

Ei anonimo, tomanocu!

Anônimo disse...

A pessoa tem um blog aberto, permite postagens anônimas e não aceita críticas...Tá bom, então. Vou fazer assim: Oha, acho que você está certíssima. Lugar de criança é na creche e lugar de mãe é em casa vendo novela/acessando a internet. Tá bom procê? Bjinhos.

Thania disse...

Ta ótimo querida...melhor vai ficar se vc parar de desperdiçar seu mega ultra blaster precioso tempo vindo aqui no meu blog. Sorry, vc não é bem vinda!

(ps.: o blog é meu, se eu o deixo aberto, com comentarios pra anonimos e nao aceito crítica, desculpa, alguem pediu sua opiniao qto a isso? Ah não...verdade! Beijo no corpo!)

Anônimo disse...

De fato, meu tempo é preciosíssimo, ao contrário do seu, que é gasto escrevendo bobagens enquanto a coitada da filha está largada na creche. Fui!

Thania disse...

hahaha deve ser bem precioso mesmo! rsrsrs
Vc nao deve ter filho entao...pq caso tenha, o q ta fazendo nos blogs alheios dando pitaco q não lhe foi pedido???? rs...ata, deve estar "largado" em alguma creche, casa de vó ou tia por ai ne! Q dó de vc! Alias, do seu filho. Mas nao por estar na creche ou na casa da avó, e sim por ter vc como mãe...kkkkkkkkk
Ata, vc tem filho, mas trabalha e vc no momento esta no trabalho né. Q dó do seu chefe! Abafa ne!

Lamentavel!

Se é tao precioso seu tempo cuide dele bem! Ja disse. Cuidar bem do seu tempo=nao aparecer mais por aqui!
Olha q dica!

Ah e se vc ainda nao tem filho, só uma coisa a te dizer: DEUS sabe o q faz...kakakakaka

Queridona....cuidar da própria vida e deixar a dos outros pra lá ta super em alta, na moda! é tendencia e luxo puro! Ve se adere a isso ok?

Thania disse...

Ah e eu ja gastei meu portugues demais com vc....
Se queria IBOPE, veio ao lugar errado doce de coco!

Anônimo disse...

Se eu quisesse ibope, seria facílimo: era só colocar minha filha em uma creche para os outros cuidarem enquanto eu passaria o dia inteirinho em um blog de utilidade pública como esse, contando o quanto ela é importante para mim (importante, mas não a ponto de ficar com ela durante o dia inteiro, né, nega?).

De qualquer forma, se eu, com meu simples comentário, te fiz escrever tanto, é sinal de que você, no fundo, no fundo, sabe que essa decisão, de deixar a menina 8 horas por dia em uma creche sem que você ao menos faça algo de produtivo na vida, é uma decisão, no mínimo, muito equivocada. O que é ótimo. De forma alguma quis te ofender; se você analisar, verá que eu, em nenhum momento, fui grosseira com você - a recíproca não foi verdadeira, já que vc respondeu ao meu comentário com um singelo "vtnc".

Encerro essa discussão por aqui. Como eu disse, se fiz vc refletir alguns minutos, já consegui o meu intento.

Thania disse...

Ah legal saber q vc sabe ou acha q eu nao faço nada de produtivo.
Vc é quem? meu cachorro disfarçado e sabe o q eu faço o dia todo?
Hum...melhor eu começar a perceber quem esta ao meu redor!

Enfim gata, vc me ofendeu sim ao dizer: na minha humilde opinião, uma imoralidade e a prova inequívoca de uma preguiça sem precedentes.
Nao deixo minha filha na creche por preguiça..avalie VC como vc julga a vida alheia!

Sem mais!

redirect