19/09/2012

Tudo na vida tem o lado ruim!

Pois é.
Estamos falando de ser mãe.
Ser mãe é de longe a coisa mais deliciosa dessa vida, mas como tudo na vida, tem seu bônus e seu ônus.
O bônus todo mundo conhece de cór. Sabe das delícias de ser mãe, fala pros 4 cantos como ser mãe modificou a vida, nos fez um ser humano melhor, bla bla bla wiskas sachê. Disso ng duvida, mesmo pq, se sente e ponto.
Mas hj eu quero falar da parte, ou partes, ruins de ser mãe.
Sim, pq existe.
Mas ok, não vou elencar as partes não muito prazerosas da arte de ser mãe aqui pq esse tipo de assunto causa uma polêmica danada, meia dúzia de "mães incríveis" virão aqui descer o cacete em mim, e sinceramente, eu não to muito afim não, desculpa.
Mas vim falar, na minha opinião, sobre a PIOR parte de ser mãe. 
A PIOR.
Q é a parte: doenças dos nossos filhos.

Sim, pq nada arrasa mais uma mãe do q uma febre, um vômito misterioso, uma tosse q não cessa, uma dor de ouvido...qlq coisa!
Mãe q é MÃE fica na lona, e eu sou dessas.
A cada vez q a Anna fica dodói eu morro um pouco.
Fico tão chateada ao ponto de querer sumir...

Não chateada com ela, CLAAAAARO, mas com a situação. Toda vez q a Anna fica com febre, eu queria pegar a febre pra mim e correr pra longe dela ou colocar a Anna numa bolha, onde ela pudesse viver a vida dela sem contrair nenhum tipo de vírus ou bactéria. Eu sei q isso é impossível, mas sonho com esse dia...

Pq eu to postando isso?
Pq domingo Anna começou a ficar quente. E todo mundo, como SEMPRE, me dizendo q era o calor. Mas desculpa, mãe conhece. Mãe sabe qdo o filho ta com febre. Isso nem o pai pode discutir.
Eu sentia a Anna quente, mas não medi a temperatura de tanto q o povo me falou q era o calor. Mas o olho dela começou a baixar e eu contrariando todo mundo, medi. 38.3. Febre e alta!
Mediquei e já comecei a pesquisar na própria Anna Laura sintomas q justificassem essa febre misteriosa.
Anna ta sem tosse, sem gripe, sem coriza. Meu Deus, e agora o q será?
Pronto, ali, meu mundo acaba!

3 horas cravadas depois da medicação, sinto a Anna quente denovo. Meço e...38.3 denovo. 3 horas depois apenas!
Quase morri.
Intercalei mais outro medicamento.
TRES, leram, TRES horas depois, FEBRE denovo...isso já era 4 da madrugada...
39.4
MUITO alta e muito rápida. 
A saída foi dar remédio denovo e correr pro chuveiro. Banho sempre ameniza.
Mas não foi o caso.
Fiquei com a Anna na banheira por quase 50 minutos, tirei, sequei, medi a temperatura e a maldita tava quase 39 ainda!
O negócio foi esperar, com o coração quebrado, a febre baixar pelo remédio. E baixou. Fomos dormir já era 6 da manhã.
Anna acordou as 7:30 com 38 de febre denovo.
Olha, eu daria a vida pra ter a febre no lugar dela.

Bom, resumidamente, passamos a tarde de segunda inteira nessa. Febre, medicamento, banho e febre voltando em menos de 2 horas.
NADA fazia aquela merda baixar!

Ah mas eu cansei. Peguei a Anna e corri pro PS.
Chegamos lá ela estava com 38.3 de febre e passamos na frente. Anna foi medicada, avaliada e a médica pediu exames. Sangue, urina e Raiox.
Mas pra isso a febre teria q ter baixado. Pra isso acontecer mais rápido, BANHO. No hospital eles tacam a criançada na banheira mesmo, com alcool e tudo!
Desespero era meu nome.
Anna lá na imersão ha quase 1 hora, com alcool, e a febre nada de baixar. Nem medicada.
Eu comecei a chorar desesperadamente. Pq ne?
A febre não baixou, mas caiu pra 37.8 e então a médica liberou os exames.
E furam a Anna de um lado, cutucam de outro, a mãe chora de outro...a cena do inferno!
Exames feitos e??? Anna com febre denovo.
Quase 39!
Não tinha como dar remédio mais. Banho nela. Denovo. Alcool na agua, compressa com alcool debaixo dos braços, a febre caiu rápido dessa vez. Qdo deu a hora, deram Novalgina e a temperatura despencou pra 36 em questão de minutos! Menos mal. Agora temos q saber o motivo da febre!
Os exames, por conta da febre, deram alterados. Alguma infecção mesmo!
Eu, desabei a chorar denovo.
Mas a médica diagnosticou um tipo de sinusite. Catarro espesso e verde por trás da garganta.
Antibiótico.
Ontem a Anna passou melhor o dia. Ficou apenas em estado febril.
Mas teve 38 de febre de madrugada. Não sei se dessa vez realmente o calor contribuiu, mas meu coração diz q sim. Acho q ela estava febril, mas os 30 graus q fizeram em SP na madrugada, fez com q a febre aumentasse, sei la se é possivel, mas acho q sim!

Enfim...o q eu quero dizer é q pra mim, essa parte é a PIOR parte de ser mãe.
Pq eles quase nem sofrem. Anna por exemplo ta com febre mas ta pulando. Acho q toda criança é assim, enquanto nós, ficamos arrasadas!
Se pudesse pular essa parte, eu pularia FACIL!


E pra vcs, qual a pior parte da maternidade???

12 comentários:

Angel disse...

Sem qualquer sombra de dúvidas as doenças são de longe a pior parte...mãe sofre qd os filhos estão doentes...qd não estão doentes sofrem por medo de que - Deus os livre - eles adoeçam...lógico não é uma coisa de neura minha...mas basta o Davi (que apesar de ser mais velho, pelas alergias vez por outra adoece)dar um tosse pra eu ficar nervosa...as vezes é até um simples engasgo...mas tossiu eu fico com medo!
Enfim...ficar sem dormir, ficar sem grana, ficar sem sair, ficar sem arrumar os cabelos, ficar sem tempo...nada disso é pior do que ficar com meus filhotes doentes!NADA...

Melhoras pra Anna...
Bjs...

Cláudia Leite disse...

Quando pensamos em ser mãe não imaginamos essas noites de febre, essas doenças chatas... na verdade, descobri cada doença chata só agora, com a Bella!

Melhoras pra sua gatinha linda!

Patricia disse...

ai Than concordo plenamente com vc, o coração aperta e o sentimento de impotência nos faz perder o chão, mas creio que estamos no caminho certo e alguns sinais que eles nos dão nos fazem a cada dia minimizar os impactos desses momentos devastadores. Espero que tudo fique bem logo.
bjks minhas e do Calebe, que já está com o parto marcado para dia 29/09... ai ai da um friozinho na barriga... e uma nova aventura começa.

Karina disse...

Than, como você disse tudo tem seus pros e contras e ser mãe não é diferente. Concordo com você e essa parte é a pior, e eu sofro do mesmo mal, febre!

Só de ler seu post eu tremo, da um nó na garganta e vontade de buscar a Maria Eduarda na escola agora só para garantir que ela esta bem (trauma pós ultimos ocorridos).

É péssimo ver elas assim com olhar baixinho, nessas horas que vejo o quanto prefiro ela tocando o terror em casa...

Como tudo (e todos dizem) é fase, vai passar. Mas outras virão e mais outras, mas tenho certeza que a Anna vai passar logo logo dessa fase chata de febre, por aqui (melhor não falar muito) a febre não volta a tempos, e espero ficar assim até os 30 anos dela, pelo menos.

E com certeza trocaria de lugar facinhuuu facinhuuu com a Maria... mãe ta acostumada a sofrer, né?! Rs

Bjão nas duas!

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
ecos
de
la
tarde
callada
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


COMPARTIENDO ILUSION
ANNA LAURA

CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...




ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE LEYENDAS DE PASIÓN, BAILANDO CON LOBOS, THE ARTIST, TITANIC SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA,JEAN EYRE , TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

José
Ramón...

disse...

Ai amiga,
Nem fala que quando o assunto é febre a gente fica no desespero sem saber o que é realmente... fora que eles ficam chatinho, chorões, comem mal e dormem mal... resultado família acabada de tanto cansaço...afff!!!
Espero que Anninha melhore logo, precisamos pensar positivo.
Meu post de hoje mais um vez foi bem parecido com o seu, pois estou aqui no trabalho e Dudu na creche com diarréia e chorão que só... mas tenho fé que logo logo tudo estará bem...
Melhoras para nossos babies!!!
Beijos!!!

Marta disse...

Tha, realmente a pior parte.. não queremos vê-los doentes ou tristes... ainda bem que ainda não passei por isso e que bom que a linda agora está bem!!!
Beijos

Bruna disse...

Nada fácil criança doente, certeza de que é a pior parte, doi principalmente qndo eles se abatem... nos conhecemos nossos pimpolhos e sabemos de sua energia... aí qndo ficam molinhos o coração dóóói!
Mas graças a Deus é coisa simples né, eu imagino essas mães que tem filhos doentes de verdade, isso deve ser dureza, isso é o que me segura nesses dias de Pedro dodoi...
melhoras pra Anninha!

Mamãe Jú disse...

Amiga, concordo pelnamente... pior parte são as doenças, viroses... mas mesmo nessas horas agradeço mto... porque nossas filhas não tem nada grave.
Ja vi tanta coisa amiga, me arrepia em pensar... Somos privilegiadas...
bjos grandes.

Mamãe Jú disse...

ahhhhhhhhhhhhhhh e claro, melhorar para Anna e para mamãe

Cintya disse...

Compartilho da sua opinião. Tbém sou dessas que tem pavor de ter que ligar pro médico por qualquer coisa. Durante minha gravidez meu médico também só me via nas consultas pré natal.
Mas... cada um é cada um né?
O importante é se sentir seguro, seja no PS ou no consultório.
Bjos

Unknown disse...

Ontem minha filha passou a noite inteira com febre. 38 graus. Veio melhorar hoje cedo.
Mas exatamente agora essa febre voltou.
Realmente, quando um filho está doente parece que ficamos sem chão.

redirect