13/08/2013

"Nossa, vc é corajosa!"

Ouço isso demais!
Em muitos lugares em q estou com a Anna e uma pessoa, geralmente um ser BEM curioso, vem me perguntar algo sobre a minha gravidez.
E eu respondo todas aquelas perguntas clássicas como: qual o sexo, qto tempo de gestação, qtos anos de diferença da Anna e no final do enquete a pessoa SEMPRE lança um "nossa, como vc é corajosa!".

Ontem, no PS com a Anna (rapidinho: Anna estava com febre desde quinta feira. Febre nada muito alta, mas chegamos no pico de 39 numa madrugada dessas. Fomos ao PS 3 vezes. E o diagnóstico final foi infecção na garganta, denovo, nesse ano! Antibiótico, estresse e noites em claro e graças a Deus, ela está melhorando! Amém) uma mãe com uma menina quase da mesma idade da Anna veio puxar esse tipo de papo comigo.
"Nossa, mas vc tem muita coragem. A Duda está com 3 anos e 2 meses e eu ainda não penso nisso! Deus me livre!".
DEUS ME LIVRE???????????
Oi?
Fiquei de cara!
Daí depois de quase 7 meses de gravidez comecei a pensar nisso.

Outro dia, numa consulta com a minha psicóloga, eu disse a ela que eu sou MUITO medrosa.
E ela discordou.
Disse q eu faço coisas na vida q muita mulher jamais faria. Curiosa, perguntei: "tipo o que?" e ela disse "ter dois filhos".
Fiquei pensando nisso.
Verdade.
Acho até q ter um só já é um ato e tanto de coragem!
Muita mulher amarela. E hj, sendo mãe, entendo as mulheres q dão pra trás nessa decisão!

Daí eu comecei a vestir essa camisa do NOSSA COMO EU SOU CORAJOSA mesmo!
Sim, sou sim.
Decidir ter a Anna já foi um ato e tanto de coragem. 
Vejam bem. Precisa ser corajosa.
Engravidar, passar por 40 semanas de ansiedades, medos, angústias e felicidades, sentir as dores do parto, parir, ter o filho, ficar internado, no meu caso, passar por uma cesariana, tomar uma anestesia forte, tomar remédios fortes, passar 3 dias sendo monitorada, chegar em casa com um bebê sem manual de instruções, não entender PATAVINAS do q ele tá tentando te passar, passar noites em claro, abrir mão da própria vida, abrir mão da vida social, sexual, etc, ter um ser humano q é de sua TOTAL responsabilidade criar e educar....etc etc etc.
Pensa. Precisa ou não de coragem?
Muita!
Imagina isso tudo multiplicado por dois?????
Coragem dupla!

Então, sim. Nossa, eu sou um poço de coragem!
Me orgulho disso!

Mas q eu me assusto a cada "vc é corajosa hein!!", eu me assusto! rs

Espero dar conta disso tudo!
Dessa vida LOUCA de mãe de dois.
Sei q darei conta.
Sempre penso na minha pobre mãe, q teve três, cuidou das três, não trabalhava fora e me recordo da minha casa sempre impecável!
Portanto...fácil dar conta.
(hahaha não sei, to zuando)
Mas vamos lá.
Se é fácil ou não eu não sei. 
Mas eu to amando pagar pra ver!!!!!!

;)


14 comentários:

Cláudia Barbosa disse...

Já ouvi isso e muito mais! Pelo fato de ter um filho de 3 anos e meio e ter 42 anos de idade.

disse...

Amigaaaa,
Você sabe que eu te adoro, te admiro, morro de vontade de te conhecer pessoalmente, mas preciso te dizer: Você é sim corajosa!!! E te admiro por isso, não teria a coragem que você teve com relação ao trabalho e não tenho coragem de ter o segundo, tenho vontade, morro de saudade da barriga, mas nessa loucura que vivo não dá!
Tem post lá no blog!
Que bom que Anninha melhorou!
mil beijos!

Michely Avanti disse...

Ai Than no meu caso nem sei se a palavra corajosa se aplica a mim!
As coisas foram acontecendo e eu simplesmente me joguei!
Sempre me imaginei nessa vida de a mãe com seus 3 filhos e talvez por isso não me assustei muito!
Já o marido que só pensava em dois quase teve um treco com a noticia do terceirinho...kkkk
se eu parar mesmo para pensar acho que surto e saio pelada correndo pela rua.
Então deixo a vida me levar! acho que é mais fácil....kk

Le Petit disse...

Muito bom texto e contexto! hehehe... Bom levar a vida com suavidade... mas não poderia deixar passar: "Corajosa!" rsrsrs

Dani Rabelo disse...

Acho que todas nós somos corajosas, só pelo fato de termos filhos neste mundo de cabeça para baixo que está (e vc mesmo falou sobre isso dia desses). Além disso, temos filhos e assumimos tarefas em casa e também tarefas profissionais, sejam home office ou fora de casa. Além de tudo isso, assumimos que amamos nossos maridos e que queremos cuidar deles também, além da cria, da casa, da profissão, da saúde e de nós mesmas. E, além disso, queremos outros filhos.
Somos sim, muito corajosas e isso não é demérito. É lindo. É luxo, é poder.

Só tem quem pode.

E eu quero poder e ter logo mais!

Beijos grandes, querida!

Carol Celeghin disse...

Pessoalmente acho que todo casal que resolve ter filhos (seja um ou um time de futebol) é um casal corajoso, pois o "mundo" anda tão complicado, com tanta violência, tantos perigos, com tanta incerteza que nos rodeia que é um ato de coragem colocar um filho no mundo.
Thania, acho você extremamente corajosa por ter resolvido ter dois filhos e principalmente por doar-se são completamente a maternidade, são poucas as mulheres que fazem isso sem perder sua própria identidade, por isso considero-a um exemplo.

Beijinhos... Carol Celeghin
http://carolinaericardo.blogspot.com

Tatiane Garcia disse...

Than, eu acho que as pessoas são é muito sem noção.
Pedro Lucas tem 1 ano e 11 meses, e eu estou de 13 semanas. Acredita que a mulher que me atendeu no laboratório qdo fiz os primeiros exames de sangue olhou minha carteira do plano médico, viu a idade do Pedro e disse: - Nossa, vc tá grávida, DE NOVO?
Caramba né...q que a recepcionista tem a ver com a minha vida?
Resultado: Eu já tava assustada com a gravidez, dei um block total, e só agora, depois de 12 semanas é que comecei a contar. E pq a barriga começou a se anunciar!
Sabe, se somos corajosas ou não, NÂO é da conta de ninguém!!! Poxa! Eu me estresso com isso!!!
bjobjo!!!!

Cláudia Leite disse...

Nossa, Deus me livre é demais neh?
Parece que a primeira criança é um peso! kkkk

Eu até queria, mas te achei mesmo corajosa! É que tb, são muitos fatores para se decidir pelo segundinho neh? Ainda bem que tudo contribui para vc ter o seu logo!
E até acho que a nossa coragem de ter o primeiro foi ainda maior neh? Não sabíamos nada, não conhecíamos... e depois de todos os perrengues ter um segundino... é amor d+!

bjo

Maitê disse...

Oi Than !!!

Vi seu comentário lá no meu blog e fui jogar a pergunta na minha calculadora de tempo de viagens (rs....). A distância entre SP e Três Marias é de 828 Km então deve demorar cerca de 8 horas e alguns bons minutos.

Beijinhos

Maitê disse...

Ai Than ... vc me mata se eu escrever aqui que acho vc corajosa?? rs....

Não vou dizer para vc que eu não quero ter outro filho. Quero sim !! Muito. Isto na minha cabeça é certo. E ainda digo mais. Sempre sonhei em ter um menino e é por ele que quero um segundo.

Mas ao mesmo tempo ... eu entro em paranóia pq sou eu e eu aqui. Creche ainda não está nos meus planos pq acho a juju muito pequena. Tenho um milhão de medos. Sem falar que o preço de uma boa creche aqui ultrapassa os mil reais. E aí ? Como darei conta de 2 ????

Aí decidimos pensar no segundo quando a juju tiver para completar 3 anos e entrar na escolinha.

Mas ... e eu ??? Eu queria voltar a trabalhar. Pago meu INSS e tudo, mas tenho medo do futuro. E se o Bruno resolve se separar ? Se o casamento não dá certo? Como farei sozinha, "velha", desempregada e com dois filhos ??

Enfim ... me chame do que quiser (pq sei que sou no mínimo neurótica) (hahahahahahahaha).

Mas neste momento, em que repenso váriasssssssss coisas na minha vida ... sim ... acho vc SUPER corajosa.

E daqui há um ano e meio mais ou menos quando eu engravidar de novo, vc passa lá no meu blog e me chama de corajosa também tá ??? kkkkkkkkkkkkk

Beijinhos !!!!!!!!

Carol disse...

é aquela velha história da galera meter o bedelho onde não foi chamada.... é um saco, né? Eu acho que coragem é ter filho e ponto! Com esse país violento, com as coisas caras, com tudo isso, ter um filho já é coragem MESMO! hehehe
Vc vai se sair MUITO bem sendo mãe de dois, pode ter certeza! :-D
bjoks
Carol
www.meuparasita.com

Regiane Makiyama disse...

Olá, vi você no blog da Claudinha.
Tenho um blog materno também.
Estou te seguindo.

Vem conhecer meu blog também.
beijos

http://viniciusmamaequedisse.blogspot.com.br/

Rafaela Silva disse...

Eu me interessei nesse tópico !!! Haha !! Sou mãe de 2 meninas , com a diferença menor que a sua , hojes elas tem 4 anos e 4 meses e a mais nova tem 2 anos e 5 meses , ou seja , a minha mais nova nasceu quando a minha mais velha completava 1 ano e 11 meses .... eu achei que iria surtar , que nunca daria conta ...gente nunca foi uma decisão tão acertada em minha vida ter dois filhos assim tão próximos. Trabalho fora , e conto com a ajuda da minha mãe , e da escolinha , pois elas ficam meio periodo na escola .È a mesma , coisa , o trabalho que dá é igual , ou diminui de certa forma , pois as duas juntas brincam , se divertem , assim sobra mais tempo até pra eu arrumar a casa !!!
Escutei muito essa frase , Nossa você é corajosa , escuto até hoje quando vou em algum lugar com as duas , realmente é preciso ter coragem sim , mas não é da conta de ninguem ! Se voce quiser ter 3 , 4 , filhos o problema é seu !!
Pode ter certeza , você, vai tirar de letra essa nova etapa na sua vida. bjos

Rafaela

Em Nome dos Pais de Múltiplos disse...

Acho que no seu caso, como de muitas, vc é abençoada. Para muitos, ter somente UM filho é uma luta mes a mes. Há uma portuguesa na web que passou 20 anos buscando ter seu filho. Conseguiu :) Ter dois, é ser mais feliz

redirect