16/01/2014

Aproveite enquanto ele (a) é filho único ainda...

Vixe Maria, como eu ouvi essa frase qdo estava grávida do Bernardo!
Toda mão, alguma mamãe q já tinha dois (ou três, ou mais...) me dizia isso.
E eu pensava :"bobagem. Eu saberei como ng (cof cof) dividir meu tempo com os dois...".
Fora a célebre frase "qdo o bebê nascer, dê mais atenção ao mais velho. O mais velho entende, o bebê ainda não".
Isso é verdade. A parte de q o mais velho entende e um bebê não. Mas não dá. E eu só fui perceber isso depois.
Primeiro q um bebê precisa da mãe pra TUDO. Como dar menos atenção qdo ele quer mamar ou faz cocô na fralda? Um bebê passa muito tempo no colo da mãe, ou grudado no peito. Fica inviável, juro, dar menos atenção à ele do q ao mais velho!
Não é questão de ser "menas main" ou coisa assim. É questão natural.
Por isso, aquela frase q eu comecei o post, começou a fazer MUITO sentido pra mim e eu agora, repasso isso às amigas grávidas do segundo o tempo todo.
Sempre falo "APROVEITA ENQUANTO VC AINDA SÓ TEM ELE". Pq gente, é verdade!
Depois q o bebê nasce, o tempo e a disposição pro primeiro fica sim escasso.
Eu me esforço e MUITO pra suprir isso com a Anna, mas não dá.
Eu nem de longe sou aquela mãe q eu era qdo era só ela.
A atenção então, nem se fala!
Outro dia até reclamei e falei disso na fan page no face.
Me sinto muito culpada as vezes pq a Anna, de férias, passa muito tempo brincando sozinha e na frente da TV. Não eram bem essas férias q eu sonhava pra ela e muito menos q ela merecia, mas né. O q eu posso fazer?
Ano passado passeamos mais. Eu pegava o carro e ia. Era eu e ela e só. Hoje, pra sair com 2 e sozinha? Não dá. Uma pena. Ainda bem q tenho minha mãe, q tb está de férias q sai com ela as vezes, vão ao clube, à piscina. Pq senão tadinha!
Enfim...
O recado pra vc, grávida do segundo é esse: APROVEITE. Curta muito o primogênito enquanto ainda são só vcs dois.
E mais....
Se vc ainda tá grávida de pouco tempo e q pode sentar no chão e correr com seu filho, faça. Se dê à esse luxo. Pq depois, por um longo tempo, isso não será mais humanamente possível!
Curta muito o seu primeiro bebê. Curta como se fosse um bebê mesmo. Pq depois q vc chegar em casa com um bebê de verdade, olhará pro seu mais velho com outros olhos. Verá o qto ele cresceu. O qto ele é mais pesado. Mais independente. Muito menos bebê do q vc achava q ele era.
Muitas vezes o mais velho acaba "ignorando" um pouco a mãe assim q ela chega em casa com o irmão. Natural tb. Sofri muito com isso. Sofro ainda pq a Anna solicita muito mais o pai do q eu. 
E ela mesmo justifica isso com "mas mãe, eu quero o papai pq o Bê ta mamando". Tão fofa, tão ciente das coisas, tão "irmã mais velha" q eu sofro.
Vai entender...
Mas isso é uma forma dela de me ignorar. A psicóloga já havia me antecipado disso.

Por isso, gravidinha de segunda viagem, curta seu primeiro filho ao máximo!
Muito mesmo!
Pq depois q o bebê nascer, essa atenção será dividida por 2 pro resto da vida deles!

Fica a dica!

Beijos


8 comentários:

Kellinha disse...

Concordo plenamente!
Sinto saudades de qdo era só eu e o primogenito, pq agora o bebe exige mto de mim.
bjoca pra vcs!

Regina disse...

Concordo plenamente tbm,sei porque foi assim com meus outros dois filhos,qdo Luccas nasceu Sabrina tinha 3 anos e 4 meses,e foi mto dificil mesmo com 2 pra dar atenção a maior,ela queria brincar e eu caindo de sono queria dormir,cheguei varias vezes em plena 2 da tarde fechar as portas e por ela pra dentro pra dormir comigo junto com o bebe que eu tava morrendo de sono e isso era complicado ela não estava com sono queria brincar ne,sei bem como se sente,mas logo logo tudo resolvera bjao nos filhotes.

disse...

É impressionante o quanto nós, mães de mais de um filho, passamos pelos mesmos obstáculos e sentimos as mesmas emoções!!! Toda vez que leio seus posts, me sinto neles... É como olhar em um espelho e me ver refletida nele!!! Sei exatamente o que você está sentindo Thania. Tenho Giovanna com 2 anos e 4 meses e Murilo com 9 meses. Penei, e ainda peno, com a "desatenção" que tenho delegado à Giovanna. Sofro e sinto que estou perdendo muito dela: do crescimento, das fofurices, do desenvolvimento. E o pior, ela sofre muito também. Esses dias, me disse chorosa: "Mamãe, não é justo, quero seu colo também". Morri. Morro todo dia quando ela quer colo e não posso oferecê-lo à vontade. Ser mãe é mesmo padecer no paraíso. AFF... Nossa consolação é o bom e velho: TUDO PASSA. Beijos.

Cláudia Leite disse...

é, fico pensando nessa aquestão quando penso no segundo! E a Anna sempre foi uma criaça que fica bem sozinha, mas a isabella... é um grude, é insegura, fica bem nervosa quando não é o centro das atenções... nem consigo imaginar como seria com outro!

Clarissa Monteiro disse...

Estou vivendo isso agora... Minha mais velha com 3,5 anos, em casa de férias e minha segunda nasceu semana passada. Não dá pra ser a mesma coisa... Não da tempo pra fazer tudo... E ainda tenho que me recuperar da cesárea! Não é fácil não!

Patricia Charleaux disse...

Que dor que dá ler isso, já pensei tanto nisso ,me sinto mal só de pensar, mas fazer o que ? agora já era! Boa dica!bjs

Amanda Bonorino disse...

Meu deus te descobri hoje e qnd li isso fez tanto sentido... Nossa! Q alivio!

Thaís Santos disse...

Até chorei!!!! vc escreveu tudo que eu tenho pensado...Sou mãe de um príncipe de 2 e meio e um fofucho de 40 dias...Tenho me cobrado!!! Fico feliz e aliviada em saber q não sou só eu!!! Ontem mesmo estava falando com a minha sobre a famosa frase: " tem que dar mais atenção ao mais velho pq o
mais novo não entende"...E daí? O que faz? Deixo chorar? Bebê tem fralda pra trocar, banho, mamar, colo, colo..Complicado, viu!.

redirect